Sérgio Aguiar pede mais atenção para pescadoras e marisqueiras (primeiro expediente)

Sérgio Aguiar pede mais atenção para pescadoras e marisqueiras (primeiro expediente)
1 de outubro de 2019

O deputado Sérgio Aguiar (PDT) pediu, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta terça-feira (01/10), em encontro com a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, uma atenção maior do Governo Federal para pescadoras e marisqueiras do Ceará.

De acordo com o parlamentar, é necessário cuidar dessas mulheres que antes eram apenas educadoras familiares e hoje possuem um papel de destaque na sociedade. “É preciso consolidar e assistir essas mulheres produtivas e produtoras do Ceará que não eram enxergadas socialmente e que atualmente são fundamentais para a economia do Estado”, destacou.

Sérgio Aguiar também repercutiu a reportagem do Diário do Nordeste sobre as pescadoras do sertão, veiculada no último domingo (29/09), que revelam como um grupo de pescadoras de 12 municípios conseguiram conviver e reverter a situação da estiagem que é considerada, naquela localidade, a pior dos últimos 50 anos.

“Essa atenção que peço para este público ser analisado também na questão de qualificação profissional pois, só assim, ofertaremos melhores condições de trabalho, e com isso, elas serão capazes de manter a renda das famílias”, pontuou.

Em aparte, a deputada Dra. Silvana (PR) parabenizou o correligionário pela sensibilidade e preocupação com essas mulheres e relembrou que este é um trabalho árduo e que merece respeito. “Além das pescadoras e marisqueiras, precisamos valorizar também as mulheres que passam a noite tratando peixes para receber um valor simbólico e vergonhoso, por isso, apoio essa sua luta”, reiterou.

Já o deputado Fernando Hugo (PP) ressaltou que, “é preciso emergencialmente que os governos federais e estaduais deem as mãos nesses momentos dificílimos em que o nosso País vive, principalmente, para socializar profissões e implementar formações complementares para o público que vive da pesca”.

O deputado Lucílvio Girão (PP) acrescentou que a seca trouxe um prejuízo enorme para as pessoas e empresários que vivem da pesca. “Mesmo com um aporte de chuvas maior este ano, precisamos cuidar da costa do nosso Estado, pois o pescado é a principal renda e fundamental para sobrevivência das pessoas que moram em sua redondeza”, salientou.

*Da Agência Assembleia