Jovens do projeto Primeiro Passo visitam Assembléia Legislativa

Jovens do projeto Primeiro Passo visitam Assembléia Legislativa
12 de março de 2009

O Instituto de Estudos e Pesquisas para o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp), da Assembléia Legislativa, retomou na manhã desta quinta-feira (12/03), o programa Construção Compartilhada da Cidadania com a visita de mais de 60 jovens que participam do projeto Primeiro Passo, da Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social do Estado do Ceará.

Durante a visita, os jovens conheceram as instalações da Assembléia, assistiram a um vídeo institucional sobre as atividades da Casa e a palestra sobre as funções dos poderes do País, quando puderam ouvir a exposição do coordenador do programa, Antônio Nóbrega e dos deputados Sérgio Aguiar (PSB) e Artur Bruno (PT).

Para o deputado Sérgio Aguiar, “é preciso destacar o trabalho do Inesp com este programa que vem aproximando a sociedade e, principalmente, a juventude, das atividades do Legislativo”. Segundo o parlamentar, um dos papéis da Casa é participar e promover grandes discussões que influenciam no cotidiano da população e, “em alguns casos, geram emprego e renda, como por exemplo, a criação da refinaria de petróleo e da usina siderurgia, no Porto do Pecém”.

Já o deputado Artur Bruno ressaltou a importância do projeto Primeiro Passo, do qual foi um dos incentivadores, e destacou as três principais funções dos representantes do povo, “que são: legislar, fiscalizar as ações do poder público e representar e ser porta-voz da sociedade”.

O presidente do Inesp, professor Antônio Nóbrega, explicou que o Programa Construção Compartilhada da Cidadania vem contribuindo com a formação de uma visão crítica dos jovens cearenses para que eles possam exigir dos políticos o cumprimento das funções básicas do parlamentar.

Para a jovem Maria Rosângela Silva de Lima, 21 anos, participante do projeto Primeiro Passo, “essa oportunidade foi muito boa e importante para conhecermos qual é exatamente o papel do deputado, pois, muitas vezes, tem função que não é da competência deles, e a gente pensa que é. Pretendo voltar com mais calma e conhecer melhor a Assembléia”, declarou ela.
AF/CG

 

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social
comunicacao@al.ce.gov.br