Sérgio Aguiar destaca nova redução na taxa de juros Selic

Sérgio Aguiar destaca nova redução na taxa de juros Selic
19 de abril de 2007

O deputado Sérgio Aguiar (PSB) destacou, na sessão desta quinta-feira (19/04) da Assembléia, a decisão tomada ontem pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), que reduziu em 0,25 ponto percentual a taxa Selic. Com o corte, a Selic (taxa básica de juros da economia) passa a ser de 12,5% ao ano.

“Já é o décimo quinto corte consecutivo na taxa, que era de 19,75% em agosto de 2005. Acredito que o Brasil está no caminho certo, pois a redução dos juros possibilita novas oportunidades de investimento e o crescimento da economia”, ressaltou o parlamentar.

Sérgio defendeu, porém, que o corte deveria ter sido “mais ousado”. “Na reunião de ontem dos sete integrantes do Comitê, três foram favoráveis a um corte de 0,5 ponto percentual, valor que eu defendo”, argumentou o deputado. Segundo ele, tanto a situação das bolsas de valores como a do mercado internacional é tranqüila e positiva, o que favoreceria uma redução de juros maior. “Espero que na próxima reunião do Copom, em junho, este corte de 0,5 ponto aconteça”, sugeriu Sérgio.

De acordo com ele, embora a redução não se reflita de forma clara no bolso de grande parte da sociedade, ela é fundamental como “fator propulsor” para o avanço da economia, em especial das atividades produtivas no País. “É importante que o Brasil possa manter um ritmo de crescimento, com investimentos que se somem aos que já foram feitos no governo Lula, como no setor naval, de petróleo e de portos e aeroportos”, afirmou o deputado.

Em aparte, Cirilo Pimenta (PSDB) também defendeu uma maior redução na Selic. “Esta queda na taxa de juros tem que acontecer de uma forma mais rápida”, ressaltou ele. Para Cirilo, coube ao PSDB, durante os oito anos do governo Fernando Henrique, preparar as condições para que o País pudesse, hoje, viver uma situação de estabilidade na economia. “FHC fez reformas administrativas e fiscais e Lula deve continuar neste caminho, promovendo a reforma política e a tributária”, disse ele.

Sérgio Aguiar parabenizou, também, o presidente Lula pela indicação de Luciano Coutinho à presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “É um economista de renome e uma prova de que o governo federal tem colocado pessoas certas nos cargos certos”, elogiou ele.
AN

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social
comunicacao@al.ce.gov.br