Sérgio Aguiar alerta para aumento de casos de dengue em Granja

Sérgio Aguiar alerta para aumento de casos de dengue em Granja
16 de março de 2007

O deputado Sérgio Aguiar (PSB), alertou hoje (16/03), no Plenário 13 de Maio, para o aumento dos casos de dengue e o risco de uma epidemia no município de Granja e em cidades vizinhas. Ele ressaltou sua preocupação e fez um apelo à Secretaria de Saúde do Estado para que atue junto às prefeituras no sentido de intensificar as medidas preventivas para evitar que a situação piore com o aumento das chuvas.

O parlamentar disse que recebeu avisos de lideranças políticas dos municípios de Granja, Chaval, Barroquinha, Martinópole e Uruoca preocupadas com o registro de centenas de casos de dengue na região. Segundo o deputado, somente em Granja já foram registrados 137 casos este ano, dos quais 75 já foram confirmados por exames sorológicos, que detectaram também a existência de três tipos de vírus e três casos de suspeita de dengue hemorrágica no município.

Sérgio Aguiar lembrou que os deputados Osmar Baquit (PSDB) e Welington Landim (PSB) também já fizeram pronunciamentos na Casa para alertar sobre a alta incidência de dengue nos municípios de Chaval e Brejo Santo. Ele propôs que a TV Assembléia utilize parte da sua programação para informar a população da necessidade de ampliar o combate ao mosquito transmissor da dengue.

AGRICULTURA

No mesmo pronunciamento, Sérgio Aguiar solicitou ao presidente da Assembléia, deputado Domingos Filho (PMDB), que entre em contato com a bancada federal do Ceará e de outros estados nordestinos para que sejam renegociados os empréstimos a pequenos agricultores da Região. Ele informou que os empréstimos contraídos junto ao Banco do Nordeste e ao Banco do Brasil por produtores rurais vencem no dia 31 de março, mas muitos não têm condições de pagar.

Ele explicou que os empréstimos foram feitos através de um programa Federal que autorizou financiamentos de até R$ 100 mil para agricultores que atuam no chamado “polígono das secas”. “Faço um apelo à bancada para que consigam, junto ao Conselho Monetário Nacional, que estas dívidas sejam renegociadas e possam ser pagas até 30 de junho”, ressaltou Sérgio Aguiar.
CV

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social
comunicacao@al.ce.gov.br